Santuário da Peninha, um miradouro de Cascais a Lisboa

por Nuno Madeira
Sintra: Santuário da Peninha, um miradouro de Cascais até Lisboa | Diário do Viajante

O Santuário da Peninha, local também conhecido pela Capela de Nossa Senhora da Penha, fica situado no extremo Oeste da Serra de Sintra, a 488 metros de altitude, e contempla uma vista que vai desde o Cabo Espichel, a Sul, até à Ericeira, a Norte, quando os dias estão completamente limpos. Há quem diga que se consegue ver as Berlengas mas provavelmente só recorrendo a equipamento auxiliar como binóculos.

O mais incrível é que poucas pessoas conhecem este fantástico miradouro com visão privilegiada sobre o Guincho, Cascais e até Lisboa onde se consegue identificar a Ponte 25 de Abril com relativa facilidade.

Sintra: Santuário da Peninha, um miradouro de Cascais até Lisboa | Diário do Viajante

Conheço e visito este local há mais de 15 anos, ainda do tempo de quando era escuteiro e mais tarde de quando fazia downhill até à praia do Abano. É um excelente local para passeio de fim de semana onde pode ainda realizar umas caminhadas.

Se forem da Malveira da Serra, vão encontrar um espaço com diversas mesas de madeira onde muitos visitantes aproveitam para fazer refeições e conviver, principalmente aos fins de semana. Pelas imediações também vão encontrar certamente muitos ciclistas pelo que se aconselha cuidado redobrado nas estradas de acesso já que são estreitas.

A Capela de Nossa Senhora da Penha foi erguida por devoção popular, segundo a lenda com raízes do século XVI, na sequência da aparição de Nossa Senhora a uma pastorazinha muda e muito pobre de Amoinhas Velhas. A partir de então o local foi venerado pelas populações das redondezas.

A sua aparência atual parece ficar a dever-se ao ermitão S. Saturnino, Pedro da Conceição, que entre 1673 e 1711 que, com boa vontade da população e o apoio do monarca D. Pedro II, reconstruiu o tempo depois de a mesma ter sido reconstruída por diversas vezes já que a sua estrutura era inicialmente em pedra seca muito frágil.

ESTE ARTIGO TAMBÉM PODE INTERESSAR  Açores: Sorrisos de Pedra na Ilha do Pico

O seu interior, que infelizmente desde que lá vou nunca pude ver a não ser através de uma janela na vertente ocidental, destaca-se pelo púlpito repleto de inscrições deixadas por sucessivas gerações de peregrinos e os magníficos painéis de azulejos do século XVIII que revestem toda a nave e são ilustrativos da vida da Virgem e de Jesus.

Lenda da Pastorinha
“Em tempos de fome no reinado de D. João III, Nossa Senhora apareceu a uma pastorinha de Almoinhas Velhas, muda e muito pobre, que a partir desse momento começou a falar e anunciou a sua mãe, incrédula, a existência de pão na arca da família. A imagem de N.ª Sr.ª que o povo encontrou no local da aparição foi por três vezes colocada na Ermida de S. Saturnino, e outras tantas vezes a foram reencontrar no alto do penhasco de difícil acesso.”
in Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas

Sintra: Santuário da Peninha, um miradouro de Cascais até Lisboa | Diário do Viajante

A Ermida de S. Saturnino, uns metros a sudoeste, foi construída em meados do século XVI em local de culto que remonta ao tempo dos visigodos e ainda é possível ver evidências dos alicerces da primeira construção de origem medieval que supõe-se ter sido fundada por Pero Pais, companheiro de D. Afonso Henriques.

A história da ermida de S. Saturnino está ligada à Capela de Nossa Senhora da Peninha já que era local de culto das populações próximas, intensamente frequentada até finais da Idade Média.

ESTE ARTIGO TAMBÉM PODE INTERESSAR  Praia Ribeiro de Cavalo, um paraíso em Sesimbra
Sintra: Santuário da Peninha, um miradouro de Cascais até Lisboa | Diário do Viajante

As Casas dos Romeiros, pintadas com uma cor amarela que é impossível passarem despercebidas, foram construídas entre 1751 e 1761 e serviram para albergar os zeladores e acolher os inúmeros peregrinos que anualmente ali se deslocavam.

O Santuário da Peninha e todo o seu conjunto de construções pertence ao Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, encontra-se classificado no IIP como Imóvel de Interesse Público desde 1977.

Sintra: Santuário da Peninha, um miradouro de Cascais até Lisboa | Diário do Viajante
Sintra: Santuário da Peninha, um miradouro de Cascais até Lisboa | Diário do Viajante
Sintra: Santuário da Peninha, um miradouro de Cascais até Lisboa | Diário do Viajante

Deste local, de pura magia e contemplação, poderão também observar o Cabo da Roca, na vertente Oeste, no entanto, convém informar que tendo em conta a exposição a fortes ventos marítimos este local encontra-se frequentemente envolto em nevoeiros ou com ventos muito fortes, mesmo em pleno Verão.

Mesmo com céu limpo, a probabilidade de ventos fortes é eminente pelo que a cautela com a roupa não é totalmente descabida, principalmente se a visita for realiza mais ao final do dia para ver o pôr-do-sol sobre o Oceano Atlântico.

Sintra: Santuário da Peninha, um miradouro de Cascais até Lisboa | Diário do Viajante
Sintra: Santuário da Peninha, um miradouro de Cascais até Lisboa | Diário do Viajante

Deixo-vos um pequeno vídeo realizado por mim para terem uma perceção do campo de visão que é possível ter a partir deste local. Foi o meu primeiro filme gravado com drone, por isso, não esperem uma grande produção de vídeo mas conta a intenção.

Localização

Coordenadas Google Maps: 38.768482, -9.460390 | 38°46’06.5″N 9°27’37.4″W

2 comentários

Publicações semelhantes

2 comentários

Maria 9 Julho 2019 - 16:41

Gostei além de útil.
Bom trabalho!
Obgs

Responder
Nuno Madeira 9 Julho 2019 - 17:13

Muito obrigado pelo feedback 🙂

Responder

Deixar um comentário

Envie este artigo a um amigo