Praia Ribeiro de Cavalo, um paraíso em Sesimbra

por Nuno Madeira
Sesimbra: Praia Ribeiro de Cavalo, um paraíso em Sesimbra | Diário do Viajante

A Praia Ribeiro de Cavalo, muitas vezes chamada de praia da ribeira do cavalo, fica a pouco mais de 40 km de Lisboa, no concelho de Sesimbra, distrito de Setúbal, e é sem dúvida um local a visitar principalmente na época do verão.

Terá sido em tempos uma das poucas praias desertas existentes em Portugal mas que agora perdeu esse estatuto muito devido à proliferação da comunicação na era digital.

Situação muito semelhante aconteceu com uma das minhas praias favoritas, a Praia da Ursa, perto do Cabo da Roca.

A água cristalina com tons de verde e azul a rodear toda a paisagem, será certamente o melhor cartão-de-visita para quem se aventura à descoberta deste pequeno paraíso às portas de Sesimbra, e que facilmente associamos a imagens de praias paradisíacas como as das Caraíbas ou Filipinas.

No entanto, enganem-se aqueles que pensam que este é um paraíso de fácil acesso, pois isso iria tirar toda a piada da aventura.

Para chegar à Praia Ribeiro de Cavalo é necessário percorrer um pequeno e acidentado percurso, pelo que é recomendável o uso de calçado apropriado, desaconselhando totalmente chinelos por mais calor que esteja, e que apeteça, não esquecendo também de levar água suficiente para hidratação ao longo da estadia no local porque não existem instalações de apoio à praia e muito menos salva-vidas.

O início do percurso fica a pouco mais de 5 minutos, de carro, do centro de Sesimbra. A quem chega ao centro, vindo de Lisboa, deverá seguir depois em direção a Oeste, à marina de recreio.

No final da zona da marina, depois do estacionamento do Clube Naval, a estrada de alcatrão termina e inicia um estradão de terra batida. Não será necessário percorrer muitos metros para começar a ver carros estacionados de ambos os lados. O inicio do percurso está assinalado com uma placa e várias pedras de enormes dimensões que bloqueiam o acesso a veículos motorizados, ficando praticamente a meio de uma curva acentuada à direita, e antes de começar a subir.

ESTE ARTIGO TAMBÉM PODE INTERESSAR  Santuário da Peninha, um miradouro de Cascais a Lisboa
Sesimbra: Praia Ribeiro de Cavalo, um paraíso em Sesimbra | Diário do Viajante
Sesimbra: Praia Ribeiro de Cavalo, um paraíso em Sesimbra | Diário do Viajante

A primeira parte do percurso é feita sem grandes problemas, por entre arvoredo, sendo que do lado esquerdo fica o intenso mar azul e do lado direito parte da serra destruída por uma pedreira…

Assim que começamos a descer, começamos a vislumbrar as águas cristalinas de tons verdes e azuis, e a ansiedade de mergulhar naquelas águas num intenso dia de calor, aumenta, mas a pior parte do percurso ainda está para vir.

Sesimbra: Praia Ribeiro de Cavalo, um paraíso em Sesimbra | Diário do Viajante

Já quase a chegar à praia, o percurso torna-se mais acidentado e existe mesmo um local íngreme que poderá ser complicado para aqueles com mobilidade reduzida.

Lembrem-se disto quando estiverem a programar a visita porque tudo o que levarem às costas, ou na mão, vai certamente dificultar a caminhada.

Sesimbra: Praia Ribeiro de Cavalo, um paraíso em Sesimbra | Diário do Viajante
Sesimbra: Praia Ribeiro de Cavalo, um paraíso em Sesimbra | Diário do Viajante

A descida, e depois a subida, acabam por ser compensadas por este pequeno paraíso, calmo e apaziguador.

De um lado a encosta com altas paredes verticais, e de outro as águas cristalinas e calmas com apenas o horizonte ao fundo, sem sinais da mão humana na paisagem.

Algumas rochas fazem parte também do cenário e há uma delas que se assemelha à cabeça de um cavalo, e daí o nome da Praia Ribeiro de Cavalo, se bem que não consegui perceber qual delas de facto tem essa semelhança.

E enganem-se aqueles que esta praia continua “deserta” porque no verão, a procura é muita e há várias fotos na internet que demonstram o quanto a mesma pode encher. Estas minhas fotos foram tiradas no final de Maio, pelo que não demonstram a realidade que é esta praia no verão.

ESTE ARTIGO TAMBÉM PODE INTERESSAR  Talasnal, onde reina a Natureza
Sesimbra: Praia Ribeiro de Cavalo, um paraíso em Sesimbra | Diário do Viajante

É provável que os telemóveis não tenham rede neste local, o que também ajudará a usufruir verdadeiramente do local e esquecer o que fica para lá do percurso que acabou de fazer.

A esta imagem paradisíaca da Praia Ribeiro de Cavalo, fica apenas a faltar uma temperatura da água mais elevada já que a água é bastante fria, pelo menos para mim. Mas quem já visitou outras praias da Serra da Arrábida já saberá o que pode esperar.

Tome também as devidas precauções porque, com tantas notícias sobre derrocadas em falésias, a altura e a constituição destas escarpas verticais que se formam nas costas da praia são de algum modo intimidadoras, pelo que todo o cuidado será pouco.

Por fim, e como última nota, usufrua em pleno deste local e no que respeita o lixo que se fizer, por favor, respeite não só os outros mas principalmente o meio ambiente e traga de volta para colocar posteriormente nos locais apropriados.

Se todos cuidarmos destes locais eles não deixarão de existir.

Sesimbra: Praia Ribeiro de Cavalo, um paraíso em Sesimbra | Diário do Viajante
Sesimbra: Praia Ribeiro de Cavalo, um paraíso em Sesimbra | Diário do Viajante
Sesimbra: Praia Ribeiro de Cavalo, um paraíso em Sesimbra | Diário do Viajante
Sesimbra: Praia Ribeiro de Cavalo, um paraíso em Sesimbra | Diário do Viajante
Sesimbra: Praia Ribeiro de Cavalo, um paraíso em Sesimbra | Diário do Viajante
Sesimbra: Praia Ribeiro de Cavalo, um paraíso em Sesimbra | Diário do Viajante
Sesimbra: Praia Ribeiro de Cavalo, um paraíso em Sesimbra | Diário do Viajante

Se gostou deste artigo, também vai gostar de ler o artigo sobre a Praia da Ursa, em Sintra.

Praia da Ursa, Sintra | Diário do Viajante

Coordenadas e Localização da Praia Ribeiro de Cavalo

Coordenadas Google Maps: 38.4329563, -9.1291096 | abrir Google Maps
Coordenadas GPS: 38°25’58.6″N      9°07’44.8″W

2 comentários

Publicações semelhantes

2 comentários

ANA SILVA 26 Abril 2019 - 15:26

Agora tens de experimentar a chegada à praia de barco 🙂

Responder
Nuno Madeira 26 Abril 2019 - 20:47

Se surgir essa oportunidade certamente que vou experimentar 🙂

Responder

Deixar um comentário

Envie este artigo a um amigo