Castelo Novo em plena Serra da Gardunha

por Nuno Madeira
Castelo Novo

Castelo Novo é uma freguesia portuguesa do concelho do Fundão e está inserida em plena Serra da Gardunha, numa encosta que mais parece um anfiteatro natural, em tons de verde da vegetação e cinza das casas e castelo.

Os vestígios arqueológicos conhecidos sugerem uma ocupação do território desde o calcolítico, projetando-se num crescimento de testemunhos que se referem às idades do Bronze e do Ferro e se consolidam na colonização romana.

Castelo Novo faz parte da Rede Aldeias Históricas de Portugal, que promove o desenvolvimento turístico, da qual fazem parte também Almeida, Belmonte, Castelo Mendo, Castelo Rodrigo, Idanha-a-Velha, Linhares da Beira, Marialva, Monsanto, Piódão, Sortelha e Trancoso.

Castelo Novo
Castelo Novo

Neste local não só nos podemos perder pelas ruas da aldeia como a vista do castelo nos parece envolver em história de outros tempos. O granito que talha as casas, as calçadas e as praças harmonizam todo um património único.

Castelo Novo começou por ser um dos muitos territórios doados pelos monarcas portugueses à Ordem dos Templários, depois Ordem de Cristo, para, em terras da Beira promoverem e assegurarem a posse dos domínios conquistados aos muçulmanos no século XIII.

O Castelo, a 650 metros de altitude, é o ponto central que parece organizar todo o povoado pela encosta da Serra da Gardunha à qual deu vida, num perímetro circular, evoluindo a mancha para Sul, Este e Oeste.

As ruas parecem labirintos e os quarteirões são irregulares, de dimensões e formas variáveis. O tom colorido de todas aquelas linhas de granito contrastando com um céu azul intenso, faz-nos querer transportar para outra época.

Castelo Novo
Castelo Novo
Castelo Novo
Castelo Novo

O QUE VER EM CASTELO NOVO

Antigo Paços do Concelho

Datado do século XVI, está localizado no Largo do Município, no centro de Castelo Novo, e faz parte da memória dos tempos em que Castelo Novo era sede de Concelho.

Foi mandado construir por D. Dinis, possivelmente no ano de 1290, sofrendo depois obras de remodelação por ordem de D. Manuel I de forma a marcar a atribuição de novo foral a Castelo Novo, incluindo assim no edifício as armas reais, a cruz da Ordem de Cristo e a esfera armilar.

No piso térreo estaria localizada a cadeia e no primeiro piso funcionaria a câmara, até ao ano de 1835, altura em que o concelho foi extinto e anexo a Alpedrinha.

Aldeias Históricas de Portugal: Castelo Novo, Antiga Casa da Câmara / Paços do Concelho
Castelo Novo, Antiga Casa da Câmara / Paços do Concelho

Pelourinho

Datado do séc. XVI, marca a elevação a concelho de Castelo Novo.

De estilo manuelino, apresenta-se decorado com motivos vegetalistas alusivos à expansão marítima, coroado por remate em pinha onde estão esculpidos o brasão real e respetivas insígnias pessoais do rei.

Era aqui que eram lidas as sentenças, aplicados os castigos e feita a exposição dos criminosos em praça pública.

Aldeias Históricas de Portugal: Castelo Novo, Pelourinho
Castelo Novo, Pelourinho

Torre do Relógio

Construída na segunda metade do século XV separou a muralha original em dois segmentos, o primeiro, voltado a Este, data da edificação medieval do castelo, enquanto o segundo troço, voltado a Sul, terá sido parcialmente destruído durante o reinado de D. Fernando, aquando das guerras com Henrique II (1369-1379) e João I (1379-1390) reis de Castela e Leão, fase em que a fortificação foi temporariamente abandonada.

ESTE ARTIGO TAMBÉM PODE INTERESSAR  Visita ao Estádio da Luz - Sport Lisboa e Benfica

Funcionava como torre de vigia (eram visíveis os castelos de Idanha-a-Nova, Monsanto e Penamacor), permitindo à guarnição militar proteger de forma mais eficaz o ângulo formado pelos dois panos de muralha a partir da plataforma superior.

Aldeias Históricas de Portugal: Castelo Novo, Torre do Relógio
Castelo Novo, Torre do Relógio

Igreja Matriz / Igreja de Nossa Senhora da Graça

A Igreja Matriz de Castelo Novo, também conhecida como Igreja de Nossa Senhora da Graça – padroeira de Castelo Novo, está localizada no Largo do Adro e data do século XVIII, possivelmente em 1732. Orientada a Poente, no seu interior existem duas capelas laterais; na da direita, com uma Santíssima Trindade, e na da esquerda, com Cristo crucificado.

Nos altares colaterais ao arco triunfal, Nossa Senhora de Fátima e o Sagrado Coração de Jesus.

É possível ainda ver algumas imagens de interesse artístico, nomeadamente a de Nossa Senhora da Serra, oriunda do Cabeço da Penha.

Aldeias Históricas de Portugal: Castelo Novo, Igreja Matriz / Igreja de Nossa Senhora da Graça
Castelo Novo, Igreja Matriz / Igreja de Nossa Senhora da Graça

Castelo

Localizado no topo da aldeia histórica, no castelo vão encontrar uma série de passadiços e outras estruturas que tornam mais fácil a visita.

Estimando a sua construção provavelmente em 1202, da arquitetura militar apenas resta uma torre quadrangular.

Recentemente, entre 2002 e 2004, foram desenvolvidas três campanhas de escavações arqueológicas no castelo no âmbito do Programa Aldeias Históricas de Portugal, que colocaram a descoberto centenas de vestígios da sua ocupação medieval, entre a sua construção no século XII e o seu abandono por volta do século XVII. Moedas portuguesas dos reinados de D. Sancho I (1169-1210) até ao de D. João III (1521-1557), peças metálicas em ferro e em cobre, peças de cerâmica, entre outras que podem ser apreciadas no Núcleo Museológico de Castelo Novo, nas dependências da antiga Casa da Câmara, requalificada como museu histórico arqueológico.

Aldeias Históricas de Portugal: Castelo Novo, Castelo
Castelo Novo, Castelo

Torre de Menagem

Concluída em 1205, ano em que Pedro Guterres e a esposa Ausenda Soares dão em testamento à Ordem do Templo a terça parte do castelo. Esta estrutura constituía o último reduto defensivo da fortificação.

É possível subir ao topo das ruínas da Torre de Menagem para contemplar a vista magnifica sobre toda a aldeia de Castelo Novo e a Serra da Gardunha.

Aldeias Históricas de Portugal: Castelo Novo, Torre de Menagem
Castelo Novo, Torre de Menagem

Lagariça

A lagariça é um antigo lagar de vinho com origem nos séculos VII e VIII construído diretamente numa grande rocha perto do castelo sendo o testemunho das primeiras culturas e práticas vitivinícolas da região.

Os Lusitanos, povo de tradições célticas seculares que aqui habitavam produziam cerveja fermentada a partir de cevada. Já os romanos introduziram a cultura do vinho em grande escala sendo a Lagariça um legado desses tempos.

Composta por duas pias, a maior servindo para fazer a pisa da uva, e a menor, usada para recolher o mosto (sumo da uva).

Aldeias Históricas de Portugal: Castelo Novo, Lagariça
Castelo Novo, Lagariça

Chafariz da Bica

O Chafariz da Bica, localizado no Largo da Bica, no centro de Castelo Novo, data do século XIV e de influência barroca, foi mandado construir durante o reinado de D. Dinis.

ESTE ARTIGO TAMBÉM PODE INTERESSAR  Aldeia Foz da Égua

É possível que encontrem um aviso junto à fonte alerta para o facto de as suas águas não serem controladas, mas a verdade é que os habitantes da aldeia e quem a visita não resistem a matar a sede com a sua água fresca e eu próprio assisti a um casal que ali encheu alguns garrafões.

O acesso por escada está decorado com alguns rodilhões onde se prendiam os cavalos, já o chafariz apresenta-se com um comum espaldar retangular, duas pilastras, rematado por uma cruz latina biselada e o brasão de D. João V.

Aldeias Históricas de Portugal: Castelo Novo, Chafariz da Bica
Castelo Novo, Chafariz da Bica

Cabeço da Forca

Constituído por dois blocos graníticos de forma irregular, o Cabeço da Forca encontra-se do lado esquerdo da subida para o centro da aldeia histórica de Castelo Novo.

Na pedra superior ainda é possível ver, esculpidas em relevo, duas caveiras acompanhadas de um jogo de tíbias. É também visível um sinal em forma de seta, e um orifício retangular aberto. Estes buracos ainda visíveis são onde assentava a estrutura da forca onde os criminosos eram punidos pelos seus crimes.

Embora existam umas escadas para subir aos blocos graníticos, a vista lá de cima em nada está beneficiada pela sua altura em relação ao solo.

Aldeias Históricas de Portugal: Castelo Novo, Cabeço da Forca
Castelo Novo, Cabeço da Forca

Cruzeiro

À semelhança do que se fez em todo o país, também em Castelo Novo se edificou em 1940 um cruzeiro de comemoração do III Centenário da Restauração e o VII da Independência Nacional, erigindo um padrão comemorativo das duas datas heroicas.

Aldeias Históricas de Portugal: Castelo Novo, Cruzeiro
Castelo Novo, Cruzeiro

Miradouro das Alminhas

Na subida para o centro de Castelo Novo, do lado direito da estrada, encontra-se o Miradouro das Alminhas e é o ponto ideal para aproveitar a vista magnifica sobre a Serra, a ribeira de Alpreade e as ruínas da antiga fábrica de lanifícios.

Aldeias Históricas de Portugal: Castelo Novo, Miradouro das Alminhas
Castelo Novo, Miradouro das Alminhas

Praia Fluvial de Castelo Novo

A praia fluvial de Castelo Novo está logo à entrada da aldeia, do lado direito da ponte.

É banhada pelas águas da Ribeira de Alpreade e ali são retidas por meio de comportas. E embora não seja de grandes dimensões, é suficiente para apresentar 4 profundidades diferentes para que possa ser utilizado por todos.

Existe ainda um pequeno bar de apoio com esplanada, e relvado para quem pretende apanhar sol.

Aldeias Históricas de Portugal: Castelo Novo, Praia Fluvial
Castelo Novo, Praia Fluvial

FESTAS E EVENTOS EM CASTELO NOVO

Festa em honra de S. Brás: 1º domingo de Fevereiro
Festa de Nossa Senhora Da Serra: 2ª feira seguinte à Páscoa
Festa do Senhor da Misericórdia: 1º fim de semana de Setembro

Localização de Castelo Novo

Coordenadas Google Maps: 40.0641349,-7.4907844 | abrir no Google Maps
Coordenadas GPS: 40°03’50.9″N 7°29’26.8″W

0 comentário

Publicações semelhantes

Deixar um comentário

Envie este artigo a um amigo