Açores: Caminhada pela Lagoa do Fogo

por Nuno Madeira
Caminhada pela Lagoa do Fogo | Diário do Viajante

A Lagoa do Fogo é a segunda maior lagoa da Ilha de São Miguel, e também a mais alta, classificada desde 1974 como Reserva Natural devido ao seu valor natural e paisagístico.

Com uma dimensão de aproximadamente 1360 hectares, esta caldeira de vulcão adormecido terá sido formado há cerca de 15.000 anos, dando forma ao grande maciço vulcânico da Serra de Água de Pau.

Do miradouro, a vista é imponente e vale bem a pena explorar as belezas paisagísticas e naturais desta maravilha da natureza.

Caminhada pela Lagoa do Fogo | Diário do Viajante

Visitei esta maravilha da natureza já quase ao final da tarde quando o sol já dava um tom amarelado do entardecer a todo o verde que compunha a caldeira.

Neste tipo de viagem o ver para mim não chega, e há que usufruir, explorar, viver… E é nesse sentido que recomendo a descida até à sua base porque sei que não se vão arrepender.

A descida até à caldeira não é muito complicada e vale bem a pena o esforço. De terra batida com alguns degraus pelo caminho, a descida poderá demorar cerca de 30 minutos sem grandes pressas e correrias. São cerca de 2 km de densa vegetação mas assim que se aproximam da base da caldeira e começam a ter uma melhor perceção da dimensão, vão perceber que uns segundos lá em baixo vão mesmo compensar.

Caminhada pela Lagoa do Fogo | Diário do Viajante
Caminhada pela Lagoa do Fogo | Diário do Viajante

A paz e o silêncio abundam neste pequeno paraíso. Os sons que ouvimos são o da água que molha os nossos pés na margem da caldeira e o dos pássaros de pequenas dimensões que voam de um lado para o outro como se estivessem a dar o alerta de termos entrado no seu território. Imagens como esta apenas vivi quando visitei a Escócia.

Se tiverem a sorte de não se cruzar com muitas pessoas, ou se as mesmas estiverem na mesma disposição de aproveitar aquele refúgio, a paz vai invadir o vosso corpo e ao mesmo tempo recarregar energias. Aproveitem para se deitarem na areia e ficar ali, como se não houvesse tempo nem amanha. Foi o que fiz.

Caminhada pela Lagoa do Fogo | Diário do Viajante
Caminhada pela Lagoa do Fogo | Diário do Viajante

As condições climatéricas nos Açores mudam muito rapidamente e quando cheguei à base da caldeira já o céu tinha sido invadido por nuvens, mas mesmo assim aquele lugar não deixa de ser uma pequena maravilha no meio do oceano.

Seguindo o trilho já marcado vão encontrar inúmeras espécies de plantas endémicas dos Açores como é o caso do cedro-do-mato, o louro e o sanguinho. A meio do caminho uma construção que sinceramente não consegui perceber o que ali fazia. Terá sido um cais? Um pontão? Com que finalidade? Não encontrei informação.

Caminhada pela Lagoa do Fogo | Diário do Viajante
Caminhada pela Lagoa do Fogo | Diário do Viajante
Caminhada pela Lagoa do Fogo | Diário do Viajante

Já na praia da Lagoa do Fogo, aproveitem a imensidão e o sossego do local. Esta é sem dúvida uma das muitas maravilhas que não se pode perder quando se visita a Ilha de São Miguel. Para outras informações e locais a visitar em São Miguel, consultem a minha publicação Top10 a não perder em São Miguel.

ESTE ARTIGO TAMBÉM PODE INTERESSAR  Cascatas Tahiti

Para esta caminhada, mesmo não sendo complicada, recomenda-se o uso de calçado adequado e muita atenção às condições climatéricas uma vez que nesta região as mesmas podem mudar num espaço de 5 minutos como cheguei a presenciar por diversas vezes.

Boa caminhada, e boas fotos!

Banner TOP10 São Miguel, Açores | Diário do Viajante

Localização (miradouro) Lagoa do Fogo

Coordenadas Google Maps: 37.769363, -25.488664 | abrir Google Maps
Coordenadas GPS: 37° 46′ 9.707″ N 25° 29′ 19.190″ W
Trilho até à caldeira: WalkMeGuide

0 comentário

Publicações semelhantes

Deixar um comentário

Envie este artigo a um amigo